O que Fazer em Nápoles – Dica de Passeio Imperdível, Nápoles Subterrânea!

Esse passeio eu tenho que dividir com você…É um superrrrrr passeio e se for a Nápoles não pode deixar de ir.

Mas algumas coisas você tem que saber antes de se aventurar “embaixo da terra” e eu vou te contar aqui.

Embaixo da terra – Nápoles Subterrânea

Tudo começa no centro histórico de Nápoles, em cima da terra mesmo, aonde é normal se comprar os ingresso… hahahahahha. Aqui vale destacar que o inglês te tira de filas novamente, como já mencionei no post sobre o Coliseu (se não viu, clique aqui). Pulamos uma fila gigantesca e pegamos um guia em inglês super divertido!

E agora, a aventura começa!

Descemos, escadas abaixo, 40 metros e demos de cara com um mundo diferente. É um submundo, mas era, e ainda é, conectado com o mundo de cima. A primeira coisa que não sabia era que era gelado. Isso mesmo, quanto mais a gente descia mais frio ficava. E quanto mais descíamos mais viajávamos no tempo, mais precisamente a 2.400 anos atrás.

Segunda Guerra Mundial

Essa Nápoles Subterrânea foi criada como lugar para se protegerem das bombas da segunda guerra mundial, então, por lá, tudo respira a guerra. É surreal ver as bombas verdadeiras, os brinquedos das crianças da época, as fardas usadas… ao mesmo tempo fantástico e sinistro, sabe?

Saber que pessoas “viviam” alí é muito punk, é de arrepiar literalmente.

Mas a parte “adrenalina” faz parte desse passeio e já digo logo, se você é claustrofóbico pense bem antes de ir.

Adrenalina pura

Como se não bastasse estar 40 metros embaixo da terra, os túneis entre as rochas são sinistros…kkkkk

Em um determinado momento, cada pessoa pega uma lamparina e vamos, um atrás do outro, por túneis super apertados e baixos. Dá uma olhadinha nesse vídeo, que apesar de escuro, é possível ver um pouco da aventura:

Minha dica é, não deixa a vela apagar e nem se perca da turma porque você vai ficar no breu literalmente.

Depois da adrenalina inevitável (porque não dá pra voltar de jeito nenhum), você dá de cara com um lago de água cristalina em pleno “meio da terra”, no caso meio das rochas.

*na verdade você pode avisar que não quer fazer essa parte.

Lindo lindo…clarinho. E tem mais. Além de abrigo antiaéreo, lá tem um museu da Segunda Guerra Mundial e uma horta.

Aí chega a hora de voltar a superfície mas não acaba o passeio não. Saímos em comboio pelas ruas de Nápoles e entramos no que seria uma casa napolitana antiga, uma patrimônio histórico normal se não tivesse sido descoberto que embaixo dela existia o Teatro Romano. Lá vamos nós novamente descer, mas agora é pouco. Parece filme gente, a escotilha que liga a casa ao teatro é debaixo da cama… Uma verdadeira passagem secreta.

Tchan tchan… a gente dá de cara com o antigo teatro romano onde o Imperador Nero tinha seu camarim particular.

Encerrando o passeio, visitamos um exposição de imagens do século XVII que são uma perfeição..

Aqui vão mais dicas:

  • As visitas guiadas em inglês acontecem todos os dias
  • Para visitas guiadas em outras línguas ( com exceção do italiano, é claro) é necessário agendar.
  • Mais informações no site http://www.napolisotterranea.org/

Gente, eu adorei e super indico. Além de respirar história, é diferente! Vale a pena demais, saí de lá encantada!

Fico por aqui e volto com mais dicas da Itália ok? Beijim!!


Summary
Review Date
Reviewed Item
O que fazer em Nápoles
Author Rating
5

Trackbacks para esse Post

  1. Saiba Onde Está a Estação de Metrô Mais Bonita do Mundo - Diz Aí Gi
  2. Vivendo o Sonho da Costa Amalfitana - Diz Aí Gi