21 coisas que você precisa saber sobre Leiria , em Portugal

Continuando minhas postagens sobre minha última viagem, agora vamos falar de Leiria e o porquê fui pra essa cidade em Portugal e fugi do roteiro tradicional de turismo que inclui Lisboa, Porto, Coimbra e Sintra, por exemplo.

Do aeroporto (confira aqui como foi minha viagem Fortaleza/Lisboa), eu e Luciano, fomos direto para Leiria, mais precisamente fomos direto pro escritório do Paulo e da Regina, nossos amigos e anfitriões.

O motivo de ser Leiria o nosso destino em Portugal se chama TRABALHO, mas se engana você que acha que foi chato. Passou longe disso, posso até dizer, antes de listar tudo o que vou falar nesse post, que moraria lá fácil fácil.

Como muitos sabem, a blogueira aqui não vive “só de blog”, trabalho junto com o meu marido e temos nossa agência de marketing digital, a Carmel Digital.

Motivo da nossa ida explicado, agora vou listar — coisas sobre Leiria que você provavelmente não sabe. Olha só, essa lista são apontamentos meus, minhas observações. Muitos falei no meu snapchat (me segue lá >> dizaigi) durante a viagem. Você, caso conheça Leiria, pode ou não descordar de mim e isso não é ruim, assim podemos trocar experiências, ok?

Vamos à minha lista?

1 – Onde Fica Leiria?

Como já disse, é uma cidade portuguesa muito fofa com cerca de 60 mil habitantes que fica no centro de Portugal, de acordo com o wikipedia.

A cidade é calma, mas ao mesmo tempo agitada, com vida nos bares, restaurantes e cafeterias. Vou dá uma de atrevida e comparar com Sobral – Ceará, só que com uma qualidade de vida bemmmmm maior.

Lis é o nome do rio (esse da foto acima) que corta a cidade e dá nome à vários estabelecimentos.

Está situada entre Lisboa e Porto, sendo 140 km de Lisboa e 179 km de Porto. Sabendo a distância em quilômetros achei que demoraria uma hora e meia, mais ou menos, para irmos do aeroporto até a cidade, mas se durou 50 minutos durou muito, já que as auto estradas são maravilhosas.

2 – A simpatia das pessoas corre nas veias

Nunca vi povo tão alegre e simpático, sério. Não estou falando somente de educação, que eles têm de sobra, estou falando de simpatia mesmo. Eu e Luciano fomos sempre muito bem recebidos, não só pelos nossos amigos, Paulo e Regina, e amigos deles, mas em todos os estabelecimentos que estivemos mesmo sem estar acompanhados de portugueses.

Alías, foi desde o atendimento da TAP, passando pela alfândega (nunca vi funcionários tão gentis), até todos os lugares que passamos em Portugal. Sério, não tem um local se quer que possa reclamar no quesito simpatia e atentimento.

3 – Bebem café a toda hora

Sei que no Brasil bebemos muito café também, mas lá eles superam. Sempre após qualquer refeição ou acompanhando um pastel de nata, por exemplo. Muitas vezes eu e Luciano eramos os únicos a não tomar café, até que nos rendemos…rsrsrsrs. E se era após um jantar tardio, era um descafeinado na cabeça com certeza. Açúcar e adoçantes quase não eram usados nessa hora viu, era puro meeeeesssmooooo. Vai que esse é o sucesso deles serem magros.

4 – Eles comem, comem e não engordam

Isso eu não vou entender nunca, mas já me prontifiquei a morar lá só pra comer o tanto que eles comem e não engordam…kkkk. Pelo shape, dá pra ver que fazem esportes ou academia, mas mesmo assim não sei como conseguem comendo o que comem. Porque não tem esse história de pedir salada com frango grelhado não, é comida meeeesmoooo. E outra coisa, ninguém divide prato. É cada pratão que só vendo, mas é individual. Um garçon chegou a dizer que quando pedem pra dividir pra já sabe que é brasileiro…kkkkk. Nada mais justo.

Gente, juro que teve um dia que comi tanto, do tipo pecado da gula, que a noite fiquei passando mal, cheguei até a vomitar. No outro dia fui de sopa, porque ainda tinha comida do dia anterior…kkkkkkk

5 –  Pão e queijo de entrada, sempre

Esse tinha que ser um item à parte, porque, como se não bastasse o prato principal ser enorme, sempre rolava pães e queijos como entrada.

Vale destacar os queijos de cabra e ricota fresquinhos que vinham numa forminha redonda e que eram deliciosos.

6 – Tem o melhor pastel de nata da vida

Faustino (Paulo) foi nos buscar no aeroporto e assim que chegamos em Leiria , como ainda era de manhã cedinho, ele nos levou pra comer um pastel de nata com café (claro). Gente, eu amei tanto que todo dia eu praticamente me oferecia pra ir lá comer novamente hahahahaha. A massa é algo indescritível só comendo pra saber, além da dica de colocar canela por cima.

7 – São apaixonados por frutos do mar

Já viu que comida é algo dominante nessa lista né?

Esse item, vai em destaque porque mesmo morando em Fortaleza, aonde temos acesso a tudo que vem do mar bem fresquinho, não temos (eu e o Luciano) o hábito de comer frutos do mar. Aqui o pau que rola é peixe, camarão, caranguejo, ostra, mexilhão e lula.

Mas lá tem outros que além de ter os nomes bem esquisitos, são esquisitos mesmoooooooo… Algo do tipo, FEIOS…kkkkkk

Mas tem vários restaurantes com essa especialidade e eles adoram.

8– Sensação de segurança é nível hard

Gente, como é bom subir de nível no quesito segurança. Como é bom andar na rua com sua bolsa e celular na mão e não estar olhando pros lados pra ver se vem algum pivete e tirar tudo de você.

A cidade é tão segura que nem se vê policiais. Eles aparecem mais quando está tendo algum evento e é mais pra controlar/orientar a população. #QueroMeSentirSeguraNovamente

9 – Motoristas educados e conscientes por todo lado

Era muito engraçado quando íamos atravessar as ruas e nossos amigos lá na frente e eu e o Lu parados na calçada pra ter certeza de que o carro ia mesmo parar…kkkkk. Sei que muitos lugares no Brasil são assim, mas como Fortaleza não é sempre temos um pé atrás nesse quesito. Mas costumar com o que é certo é sempre mais fácil, é só praticar mesmo.

A consciência em não parar na vaga que não está destinada a você, por exemplo. Se tem escrito “Idoso”, mais um exemplo, não tem porque você, que é jovem, parar seu carro nessa vaga só porque “está com pressa”. Isso me dá nos nervos e acontece demais em todos os lugares aqui em Fortaleza.

Não vi, em nenhum momento, o “é bem rapidinho” acontecer.

10 – Grifes de Luxo à seu dispor

O escritório aonde estávamos tendo o nosso treinamento fica no centro de Leiria, próximo a praça principal é Francisco Rodrigues Lobo, e, comparando com Fortaleza, seria algo do tipo um escritório na Praça do Ferreira.

É o quente do comércio sabe? Tudo tem por lá, inclusive grifes caras.

Chegamos em pleno período de promoções e todas as lojas estampavam placas com seus descontos (ai se me sobrasse dindin $$$ e se o euro não fosse os zói da cara). Mas o que me chamou a atenção mesmo foi ver lojas de rua com marcas que são bem caras, como Hugo Boss e Valentino, por exemplo. Até perguntei se tinha público ($$) pra esse tipo de compra e a resposta foi SIM.

Eu vibrei quando vi a Zara, que pra nós é algo do tipo “acessível, mas chique”, mas pra eles nem tem esse chiquinho, é popular mesmo.

11 –  Tem um Castelo como cartão postal

Isso mesmo, a cidade tem um Castelo lindo lá no alto mas que não conhecemos. Fica aqui mais um motivo pra voltar.

O Castelo de Leiria é o monumento mais notável da cidade e fica ainda mais lindo à noite, aonde pode ser visto praticamente por toda a cidade com suas luzes.

Atenção ao detalhe que vi no wikipedia pois esse castelo foi ponto de gravação do filme Tróia… Mega chique.

*Fui informada que o castelo não foi cenário do filme Tróia, que a informação do wikipédia está errada. Agradeço à Carol, de Leiria por essa atualização.

12 –  Participou da Volta de Portugal

Um belo dia, a praça aparece toda cheia de gente e com muitos caminhões de transmissões da redes de tv internacionais para mostrar a 9ª etapa da Volta de Portugal que é uma corrida de bicicleta de longa distância super importante.

13 – Fica a 47 Km de São Martinho do Porto

Falei que só de Leiria, mas preciso dizer que aonde fiquei mesmo foi em São Martinho do Porto e vou explicar o porquê.

Era verão europeu e os europeus vivem mesmo esse período, por isso, nossos anfitriões aproveitam essa época do ano pra curtir a casa (apartamento) de praia. Comparando, São Martinho do Porto está para Leiria assim como o Porto das Dunas está para Fortaleza.

A cidade é muito fofa, cheia de vida e pessoas bronzeadas, com um mar calmo e pertence a Alcobaça que fica pertinho de Leiria, uns 40 minutos mais ou menos. Íamos e voltávamos todos os dias.

No dia de folga, eu e Luciano fomos até a orla e curtimos um pouco da cidade que estava cheia de turistas.

14 – São loucos por sol

Aproveitando a deixa de falar de São Martinho do Porto, a paixão por sol do europeu é algo gritante.

Já sabia sim que adoram sol, mas não imaginava que seria tanto. Por várias vezes, vimos em restaurantes as pessoas preferirem os lugares ao sol do que as mesas na parte interna e com ar condicionado.

Já nós, cearenses, entramos nas lojas com ar condicionado pra dar aquela refrescada, eles fogem de qualquer ar geladinho que seja.

15 – Tem o melhor pão de ló da vida

Ok que eu não sou a expert em pães de ló, mas gente esse que comi lá é uma coisa de tão delícia.

O lugar aonde vende essa maravilha fica no caminho entre Leiria e São Martinho do Porto, em Alfeizerão, que é uma freguesia de Alcobaça. Toda vez que passávamos na frente, Regina e Paulo comentavam desse pão de ló, até que no dia em que fomos curtir a orla de São Martinho  e eles foram para um compromisso de família, voltaram com essa delícia.

Acompanhado de um Gim-tônica degustamos essa delícia na varanda do apartamento curtindo o por do sol tardio do período de verão. #acaradariqueza

16 – Fica a 26 Km (média) de Fátima

Leiria tem a sorte de ter como vizinha, Nossa Senhora de Fátima, já que a cidade de Fátima está a uns 20 minutos dali.

Ia fazer um post especial sobre minha visita à Fátima, mas decidi que não. Isso porque a igreja principal estava em reforma e não pudemos entrar. Então sinto que faltou aquele toque especial sabe?

Sempre quis ir lá, mas agora quero mais ainda. E, se possível, quero voltar no centenário da aparição de Nossa Senhora que será em Maio de 2017.

Quem sabe daqui pra lá tenho muitos dos sonhos realizados e vou lá pra agradecer, né?

17- Fica a 62 Km de Figueira da Foz

Eu disse que não era só trabalho. Tanto não foi que fomos curtir uma night em Figueira da Foz, cidade litorânea que fica a uns 40 minutos de Leiria.

A cidade é massa, agitada, cheia de restaurantes e pubs badalados e um cassino mega massa. E foi isso que fizemos, jantamos, tomamos um vinho rosé e entramos no jogo.

18 – Água com o “Pé na Cova”

O Luciano quase tem um troço quando descobre que a água que bebeu tinha o nome de Pé na Cova…kkkkkk…Meio macabro né? #coisasdeLeiria

19 – Comem Baba de Camelo

O nome é meio estranho e meio engraçado, mas mesmo sem nunca ter visto a baba de um camelo posso te garantir que essa sobremesa pode até parecer com ela visualmente, mas em termos de delícia duvido muito.

Gente, é uma delícia sem tamanho. Gostei tanto que quando vi como opção de sobremesa no meu voo de volta ao Brasil dei um gritinho sem me tocar….kkkkkk. #amorpelababa

20 – Uma Fanta Laranja que reluz

Experimenta pedir uma fanta laranja por lá, pra quem é do Brasil é normal se assustar com a cor desse #refri. Aqui chamaríamos de fanta laranja “cheguei”…rsrsrsrrs Não tomei, mas diz o Lu (expert em fanta laranja) que o sabor é um pouquinho diferente.

21 – Leiria já estava na minha vida e eu não lembrava

Pois num é que, escrevendo esse post, me lembrei de um momento da minha vida, mais precisamente da minha adolescência, das minha férias em Jaguaribe – Ceará com minha primas e amigas.

Não sei porque cargas d’água teve um período que nós nos chamávamos de Leiria. O apelido era tão forte que durante uma vaquejada, nas feirinhas que tinha no parque, todas compramos copos de alumínio e mandamos gravar LEIRIA. Uma pena não ter mais pra poder mostrar aqui.

Bem, já tá bom de parar por aqui né?

Leiria está no meu coração, amei ter conhecido a cidade, os restaurantes e, principalmente, as pessoas. Com certeza é um lugar que moraria, é uma cidade cidade pra se chamar de lar.

Mas a nossa experiência foi tão mais fantástica porque tivemos o privilégio de ter anfitriões espetaculares, que além de nos fazerem experimentar novos sabores, mostraram todos esse lugares pelos os olhos de quem por lá vive. Amigos assim não tem preço, não é mesmo?

Tem mais posts da viagem vindo por aí, não perca ok?

Não esquece de deixar seu comentário aí embaixo!

Beijos e até mais.

Muitas Dicas. Quer?

privacy Não envio spam, respeito a sua privacidade.

100 Million Reviews 728x90

Comenta Ai!
  1. Ola Gi, acabei de conhecer este seu site e já gosto dele….Bom, sou de Leiria e adorei ler o seu texto, fiquei muito vaidosa…sim a minha cidade é tudo isto que descreve e muito mais, tenho a certeza quando puder vir e ficar mais tempo vai ver do que falo!
    Tenho muita pena que não tenha visitado o castelo, é maravilhosa a vista lá de cima! Esta cidade tem uma luz incrível, e é lindíssima!
    Obrigada Gi por descrever tão bem a minha cidade, volte sempre!!!
    Abraço de Leira-Portugal

    Responder
    • Gi says:

      Oi Fernanda, que bom que gostou. E você tem toda a razão, ela é muito mais que isso e preciso voltar pra curtir mais. Gostei demais de Leiria, sério mesmo. Acho que fiz foi bem de não ir ao Castelo, porque se fosse talvez não quisesse mais voltar pra minha Fortaleza (onde moro) hahahahahah lol.
      Obrigada pelo seu comentário tão carinhoso e espero estar em breve na sua terrinha tão linda. Beijos

      Responder
  2. Carolina says:

    Olá Gi. Estive a ler o seu artigo sobre a cidade de Leiria. Vivo na cidade e só queria esclarecer o ponto 11, o castelo de Leiria não entrou na gravação do filme Tróia. Se essa informação está no wikipédia está errada. Tirando isso, Leiria é maravilhosa e tudo o que disse acerca da cidade é verdade. 🙂 obrigada

    Responder
  3. Ana Gaião says:

    Obrigada Gi, pelo bonito testemunho da sua viagem pela minha terra!
    Beijinho,
    Ana, uma leiriense de gema

    Responder
  4. Joel Valente says:

    Oi Gi!

    Parece que sou mais um leiriense babado…

    Obrigado por deixar uma excelente impressão da cidade onde vivo e respiro.
    Sabia que Leiria está entre as 3 cidades de Portugal com maior qualidade de vida?

    E não provaste tudo da comida leiriense. Tens de comer brisas do lis (doce típico) e as morcelas de arroz. São divinais!

    Leiria é lindddaa!!

    Responder
    • Gi says:

      Amei saber sobre a qualidade de vida, isso eu sentei demais estando aí e por isso digo que adoraria viver em Leiria. Em relação aos doces, noooooosssssaaaaa é muito impressionante como fazem coisas gostosas. Já anotei esses aí pra provar da próxima vez… Obrigada pelo seu comentário cheio de dicas Joel. 🙂

      Responder
  5. Joao says:

    Só uma nota em relação à água de Penacova. Penacova é uma vila que fica no distrito de Coimbra, a cerca de 28 Km a nordeste. De Leiria a Penacova são aprox. 100 Km.

    Responder
  6. Ruben says:

    Ola Gi. Não sou de Leiria mas estudo lá. Também não sou de São Martinho do Porto, mas moro a 5Km de lá. Gostei muito do seu post, e concordo com o que disse. Também acho Leiria uma cidade maravilhosa. Tenho pena que não tenha conhecido a vila da Nazaré e o Sitio. Nazaré tem (para mim) uma das praias mais bonitas de Portugal. Fica a dica para uma próxima visita. 🙂

    Responder
    • Gi says:

      Oi Ruben, tudo bem? Por isso quero voltar, sei que tem muitas outras coisas lindas na região que faltaram ser vistas. Já anotei sua dica… Obrigada pelo seu comentário. 🙂

      Responder
  7. welington says:

    Nossa Fernanda, bem legal seu post sobre Leiria. Eu tive a oportunidade de fazer um intercâmbio la por quase 6 meses na ESTG. Realmente concordo com tudo que você disse. Parabéns 🙂

    Responder
  8. Amei a descrição da experiência e o carinho que têm pela cidade q me viu nascer e crescer.
    Certamente Leiria se sentirá honrada com uma nova visita vossa.

    Aproveitando o momento de sugestões, tem tb alguns pontos de interesse q poderá ver, como as grutas de mira de aire, o mosteiro da batalha e o museu de interpretação da batalha de aljubarrota…, o mosteiro de Alcobaça, o mosteiro dos templários em Tomar, bem pertinho de Leiria…entre tantas outras… E para quem gosta e história natural, as pegadas de dinossauros, perto de Fátima e o menino do lapedo…um achado antropológico muito importante… Gostaria de puder deixar mais…, mas já começa a ser chato 😜 Guardo o resto para q possam descobrir e esperar q se continuem a apaixonar ainda mais pela cidade 😁😄
    Agradecido pelos comentários sobre esta cidade…

    Responder
    • Gi says:

      Nooooossssaaaa Fábio, quantas dicas maravilhosas…Obrigada e não se preocupe em ser chato, porque quando se trata de Leiria e seus arredores não tem como ser chato 🙂 Tenho muito carinho por essa região e quero voltar em breve pra ver tudo isso aí que comentou. Obrigada demais pelas dicas! Beijos

      Responder
  9. Letícia says:

    Olá
    Gostei muito do post, me fez lembrar e sentir mais saudades ainda dessa maravilhosa cidade que foi meu lar durante um intercâmbio de 5 meses no IPL. Concordo plenamente com todas as tuas percepções, e assim como tu, não consegui visitar todos os lugares que gostaria, o que deixa um motivo (e incentivo) para lá voltar. Não vejo a hora!

    Responder
  10. Filipe Faria says:

    Olá, Gi!

    Como o seu post era sobre a minha cidade, despertou-me o interesse. É sempre bom ter uma perspectiva diferente das coisas que vemos todos os dias, ainda por mais por uma pessoa com muitas viagens na bagagem. Acredito que os comentários são genuínos e por isso muito obrigado pela visita. Volte sempre.

    Responder
  11. CICERO says:

    Gi, o que você achou do clima em Leiria??

    Responder
    • Gi says:

      Olá Cicero, desculpe a demora! Assim como os próprios moradores me falaram, o inverno é quando castiga mais. Mas não é tão cruel como em outros lugares da Europa. Fui no verão e não tinha nada de calor. Claro, sou cearense então calor é algo que estou acostumada, então achei até frio pra ser o verão europeu. Mas super amei e moraria lá com certeza, qualidade de vida com certeza!!

      Responder
  12. CICERO says:

    Gi, fiz acima uma pergunta sobre o clima em Leiria apenas como introdução. A bem da verdade gostaria de saber bem mais sobre a cidade. Coisas práticas, tais como custo de vida, aluguel, escolas, mobilidade urbana, segurança, entre outros. Estou aposentado e em processo de solicitação da cidadania portuguesa (em andamento), assim como minha esposa e filha. Imagino que a cidade possa ser um bom lugar para viver, dado as informações coletadas no relatório da Bloom Consulting, e penso em me mudar daqui 2 anos. Minha renda líquida gira em torno de 2.500 euros (câmbio de hoje). Espero contar com suas dicas e agradeço antecipadamente!

    Responder
    • Luiz Eduardo says:

      Caro Cícero,
      Resido em Curitiba e estou no mesmo processo para viver em Portugal. Se quiser compartilhar suas informações sobre Leiria agradeço pois estava procurando no Porto mais fiquei surpreso com Leiria. Meus avós são um de Leiria e outro de Batalha. Quero me mudar para Portugal entre abril e maio de 2017. O plano é ir com a esposa e um filho temporão de 11 anos e preciso de maiores informações dos recursos para o menino tais como escolas e transporte. Continuarei pesquisando. Obrigado,

      Responder
      • Renata Gomes says:

        Que coincidência Luiz Eduardo! Eu, meu marido e 2 filhos pequenos também pretendemos nos mudar para Portugal entre abril e maio de 2017! Temos cidadania italiana e pensávamos em ir morar no Porto… mas cada vez q pesquisamos mais sobre Leiria nos encantamos!
        O custo de vida (assim como no Porto) parece ser mais baixo do que em Lisboa.
        Vamos continuar nosso planejamento… se quiser trocar uma idéia me manda um email! 🙂
        Boa sorte na mudança de vcs!
        E Gi, parabéns pelo post! Sou de Recife, mas moro no Sul há 7 anos, e no ano q vem partimos rumo a Portugal!

        Responder
        • Luiz Eduardo says:

          Segue o email para trocarmos idéias. Pretendia ir conhecer Portugal agora em minhas férias em julho mais devido ao custo abusivo das passagens (mais que dobraram) deixamos para mais tarde. Abraços.

          Responder
          • Gi says:

            Olá Luiz Eduardo…Então, quando fui pesquisar passagens pra lá estavam bem caras mesmo. Mas quando inclui um 2o destino (Europa) no bilhete caiu pela metade do preço. É uma alternativa!!

  13. FATIMA says:

    Oi GI.
    Amei seu blog e amei de todo coração a matéria que fizestes sobre a linda cidade e LEIRIA.
    Estou em processo de mudança para Portugal e com aquela dúvida gigantesca em qual cidade porta-me, local tranquilo pra viver e começar uma nova história de vida.
    E encontrei seu blog, e graças a ti me veio a certeza que Leiria eh a cidade onde quero morar.
    Obrigada pelo post.
    Deus a abençoe pra continuar esse lindo trabalho…mostrando a todos q lhe seguem o quanto esse mundo eh lindo!!!
    Bjs com carinho sua mais nova admiradora e amiga FAFÁ (Sinop/MT)

    Responder
    • Gi says:

      Oi Fafá ( olha eu toda íntima )…obrigada. Comentários como o seu me deixam muito feliz!
      Olha me deu uma invejinha de você por está de mudança pra Portugal, em especial por Leiria. Estamos nos planejando pra ir também. Uma qualidade de vida que só estando lá pra ver. Enfim, que bom que pude ajudar um pouco nessa decisão e que corra tudo maravilhosamente bem nessa sua nova “história de vida”. Beijos

      Responder
  14. Olá Gi bom dia !!!
    tenho amigos em lisboa, mas quando vi um comentário sobre leiria fiquei impressionado, com a cidade gostaria de saber como é a recepção a brasileiros ja que estou pensando em busca de trabalho e estilo de vida, uma vida melhor para minha familia.
    E parabéns pelo blog contém informações importantissímas e muito bacanas, fiquei animado com essa bela cidade.

    Responder

Trackbacks para esse Post

  1. Onde comer comida indiana em Portugal - Eu Fui e amei! - Diz Aí Gi

Deixa ai uma resposta

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.