Último Dia de Congresso e 1o de Turismo em San Diego

Chegou o último dia de congresso e nós, que somos filhos de Deus e adoramos viajar, começamos a curtir mesmo a belíssima cidade de San Diego. A pesar da cabeça estar a mil com tudo o que ouvimos de tendências e novidades no mundo do marketing digital  no Traffic & Conversion Summit, era a hora de conhecer a cidade sede do evento. Lu já conhecia San Diego, mas isso foi há muito tempo, então ele estava tão empolgado como eu.

Pela manhã ainda teve mais palestras e logo após o almoço foi o encerramento do evento. Claro que ainda tiramos muitas fotinhas para depois irmos turistar. Como só tínhamos meio período da tarde e a noite, pensamos em andar ali por perto e a noite irmos para a Gaslamp.

Gente, nós não andamos… Nós estrupiamos de tanto andar. Sabe quando você anda tanto, mas tanto, que chega uma hora que adormece?! Pois foi assim que ficamos. Claro que depois tomamos tandrilax…kkkkkkk

Mas, vamos lá!

Saímos do Gran Hyatt e fomos explorar o que tinha ali por trás do hotel. Nessa hora fizemos aquela pergunta que não quer calar: “Por que não viemos aqui antes ? “ Lembram que eu falei no post passado que ao lado do Gran Hyatt tinha um local cheio de restaurantes ? Pois era muito mais do que isso. Para resumir, era um calçadão litorâneo onde turista e moradores curtiam o belo dia de sol.

Bem ao lado do Gran Hyatt tem o, também top, hotel Marriot (San Diego Marriott Marquis & Marina). A dica é: logo atrás do hotel e de frente para a marina dele tem uma lugarzinho onde aluga vários tipo de bicicletas, inclusive os riquixás. Só não alugamos por que já chegamos perto da hora de devolução. Mas é uma super dica pra quem quer andar todo o calçadão, que é enorme , mas quer poupar os pezinhos… Kkkkkk.

Bem ao lado tem também o Seaport Village que é um pequeno shopping a céu aberto (no próximo post mostro mais fotos), com várias lojas e restaurantes muito charmozinhos. O ambiente é muito lindo com pessoas megas chiques com suas taças de champagne e um livro na mão em plena 4 horas da tarde de um sábado nas cafeterias/restaurantes deste lugar.

Tudo era muito familiar; famílias inteiras curtido o dia de sol (até então estava nublado em San Diego) de maneiras diferentes. Uns faziam exercício, outros apenas sentados nas gramas perfeitas do parque e outros passeando ao longo da orla e curtindo as várias barraquinhas que tinham ao algum produto diferente par vender ou tinha alguém fazendo apresentações bem loucas… Rsrsrsrsrs.

Continuamos andando e de tudo se vê – é navio que não navega, mas é restaurante; é navio que faz passeios para ver baleias, golfinhos; é navio para eventos (se quiser fazer seu casamento por lá eles já têm pacotes para isso); é aluguel e aula para velejar, stand up paddle e por aí vai. Sempre tem o que fazer ao longo da orla de San Diego, mas a gente estava só conhecendo. E dá-lhe andar!!!!

Fomos em direção ao Embarcadero, onde tem a famosa estátua do marinheiro abraçando a namorada, o museu USS Midway e o Maritime Museum of San Diego. Tiramos muitas fotos e curtimos o local. Meu maridão adora aviação, então USS Midway entrou na nossa programação para o outro dia. Ainda no Brasil vi que era preciso pelo menos 3 horas dentro dele para aproveitar todos os ambientes, então decidimos de cara – a manhã do domingo seria para o USS Midway. Mesmo nesse dia, em que não entramos nele, era de deixar qualquer um impressionado.

Andamos mais um pouco, passando por vários belíssimo navios,  e chegamos ao Maritime Museum of San Diego. E num é que é um museu mesmo em pleno navio! Ficamos somente na “parte gratuita” , mas você pode visitar o navio/museu pagando uma taxa, que se não me engano, era de $16,00. Além disso ele oferece várias programações ao longo do ano. Vários tipos de passeios marítimos são oferecidos (claro que pagando) – ver baleias, aventura nos caiaques, tour histórico e até um passeio onde você vira funcionário do barco e age como tripulação. Massa né?

Andamos até ficar estrupiádos, mas já era noite e queríamos curtir a Gaslamp. Advinha que salvou esse casal louco? Os riquixás. Nessa hora descobrimos que o riquixá que pegamos na outra noite foi caro. Lembram que ele nos cobrou $20,00? Pois este nos cobrou os mesmos $20,00 só que a distância que estávamos da Gaslamp era infinitamente maior.

Foi o máximo, o piloto era mega engraçado e super cortês. O bom é que dessa vez ele foi devagar dizendo que era pra gente aproveitar a bela paisagem e ainda fazia as vias de guia turístico, explicando tudo ao passar. Não lembro o nome dele, mas era um indiano muito bacana. Aliás, como em todos os lugares dos Estados Unidos em que estive, tudo que é garçom e taxista são estrangeiros, com o riquixá não foi diferente.

Lá estávamos nós em mais uma noite na badalada  Gaslamp Quarter. Depois de andar e esmiuçar a Gaslamp , mais uma vez, a barriga nos avisou que só tinhamos tomado o café da  manhã e que por isso era mais que hora de forrar a barriga. Deveria ser umas 19 ou 19:30 quando passamos em frente ao badalado Searsucker do chef- celebridade Brian Malarkey. Tinha lido sobre esse restaurante no TripAdvisor e fiquei super curiosa de conhecer já que as avaliações eram super favoráveis. Todas a noites na Gaslamp, passávamos em frente a ele. Nunca jantávamos no Searsucker porque nunca tinha vaga, sempre lotado e sempre com reserva antecipada. Já fica aqui uma dica, se quiser conhecer é bom reservar antes.

O restaurante vive cheio, o ambiente é bacana e moderno, as avaliações eram favoráveis… Tudo fazia com que quiséssemos jantar lá. Por isso Lu jogou o velho apelo de “é nosso aniversário de casamento, não tem nenhuma mesinha por aí ? ” É incrível como sempre dá certo…kkkkkkkkk Conseguimos uma mesa, na parte de fora, mas conseguimos. Pedimos nosso vinho e sugestões de prato. A garçonete não foi muito amigável não e talvez por isso não “amamos”  a nossa comida. Achei caro e pouca comida. Mas valeu pelo lugar, que é bem legal, e pela experiência.

Quer Dicas de Viagens?

Fique atualizado! Insira o seu email e receba gratuitamente dicas incríveis !

privacy Respeito sua privacidade, NUNCA envio spam!

Andamos mais ainda e depois fomos para o hotel… Era hora de tomar mais tandrilax (rsrsrrs) para aguentar as andanças que viriam no domingo de turista. Decidimos que gastaríamos nossa manhã no USS Midway e a tarde no San Diego Zoo, para agradar os dois lados.

Mas isso eu te conto no próximo post.

Não esqueça de cadastrar seu email e fique atualizado com dicas de viagens incríveis. Fiz vários vídeos em San Diego que serão enviados por email. Ok?

Beijos meu povo!

Quer Dicas de Viagens?

Fique atualizado! Insira o seu email e receba gratuitamente dicas incríveis !

privacy Respeito sua privacidade, NUNCA envio spam!

 

Summary
Review Date
Reviewed Item
Dicas de Viagens - San Diego
Author Rating
5
Comenta Ai!
  1. Thiciany says:

    kkkkkkkkkk…muito legal!! adoreiii as dicas e como você conta suas aventuras Giiii…Muito engraçada, parece que estou vendo você curtindo cada pedaço…bjao

    Responder

Trackbacks para esse Post

  1. Um Dia em San Diego - Como Fazer? - Diz Aí Gi
  2. Renovando o Visto para os Estados Unidos - COMO EU FIZ! - Diz Aí Gi

Deixa ai uma resposta

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.